Política

Temer diz que governo ‘jamais’ vai desistir da reforma da Previdência

O presidente da República, Michel Temer, disse nesta quarta-feira (20) que o governo federal “jamais” vai desistir da reforma da Previdência e que, em janeiro, seguirá explicando os pontos do projeto em análise na Câmara dos Deputados.

As declarações foram dadas durante cerimônia no Palácio do Planalto em que foi anunciada a liberação de R$ 1,5 bilhão para investimentos em obras de saneamento no Paraná. Vários deputados paranaenses estavam presentes ao evento.

“Quero aproveitar para dizer aos deputados federais que nós jamais vamos desistir da Previdência. E não vamos desistir da Previdência em nome do Brasil”, afirmou Temer.

Com dificuldades para conquistar os votos necessários à aprovação da reforma da Previdência em 2017, o governo federal acertou com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o adiamento da votação da proposta em primeiro turno para 19 de fevereiro, após o recesso do Congresso Nacional.

No evento desta quarta, Temer afirmou que o Palácio do Planalto vai aproveitar o mês de janeiro de 2018 para explicar pontos do projeto em busca de apoio à reforma.

“Quero aproveitar a presença dos nossos deputados federais para dizer que neste mês de janeiro vamos continuar esclarecendo as questões da Previdência”, disse o peemedebista.

Por se tratar de uma emenda constituicional, a reforma exige duas votações na Câmara e duas no Senado. Na Câmara, são necessários os votos de 308 dos 513 deputados. Até o momento, parlamentares da própria base de apoio do governo têm demonstrando resistências para votar a favor das mudanças nas regras de aposentadorias.

Sanemanento

Temer participou nesta quarta da cerimônia de assinatura de contratos entre a Caixa Econômica Federal e a Sanepar, a companhia de saneamento do Paraná. Segundo o presidente, o governo liberou R$ 1,5 bilhão para investimentos em saneamento no estado.

Presente no evento, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), informou que os recursos permitirão a realização de obras de saneamento em 50 municípios.

Temer afirmou que que o orçamento para saneamento deste ano reservava em torno de R$ 6 bilhões, restando ainda cerca de R$ 2 bilhões. Conforme o presidente, a Caixa vai trabalhar para liberar esses R$ 2 bilhões até 29 de dezembro.

“O cuidado com o saneamento significa cuidado com a saúde porque reduz enormemente a necessidade da procura do setor da saúde”, disse o presidente.

Temer ainda voltou a afirmar que o governo vai repassar R$ 2 bilhões para que os municípios fechem suas contas. De acordo com ele, os valores serão liberados “antes do dia 30” de dezembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.