Polícia

Suposto membro do PCC é preso no aeroporto de Guarulhos

Um dos investigados como integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), Adriano Hilário dos Santos, conhecido como ‘Kaique’, foi preso na tarde desta quinta-feira (10), no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Ele voltava de Camaçari, na Bahia, junto com a namorada.

Uma denúncia anônima informou que um homem identificado como Frank dos Santos Cavalcante estaria trazendo drogas em um voo e desembarcaria em São Paulo.

Os policiais se dirigiram até a esteira de bagagens e identificaram o suspeito com o auxílio de uma imagem fornecida pelo autor da denúncia.

Na 3ª Delegacia do Aeroporto (Deatur), foi realizada uma revista na bagagem, mas não foram localizadas drogas. Ao fazerem buscas no sistema de banco de dados criminais, a Polícia Civil identificou que o suspeito não se chamava Frank, mas Adriano Hilário dos Santos. Ao pesquisarem pelo nome verdadeiro, foi apurado que ele era foragido da Justiça.

Santos foi preso por assalto a uma joalheria. Em regime semiaberto, ele saiu do Centro de Detenção Provisória de Valparaíso (SP) e não retornou. A polícia não informou a data da fuga.

A polícia investiga se Santos foi se reunir com outras lideranças do PCC na Bahia. A suspeita é de que ele tenha viajado para elaborar mais documentos falsos. Em posse do líder do PCC, havia uma certidão de nascimento que identificava a cidade baiana como local de nascença.

Santos foi preso em flagrante por porte de documento falso e transferido ainda ontem para um CDP ( Centro de Detenção Provisória). Já a namorada foi fichada como testemunha e disse à polícia que não sabia do envolvimento de Santos com o crime. Segundo a mulher, os dois namoram há oito meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.