Viana

Realizadas escutas territoriais em Viana, Itapecuru e Pindaré

Os municípios de Pindaré (Território do Vale do Pindaré), Viana (Território Campos e Lagos) e Itapecuru (Território Vale do Itapecuru) receberam as escutas territoriais nesta sexta-feira, 13, concluindo a segunda semana de trabalhos para a composição do orçamento 2018. Durante o evento, a população discutiu e definiu as prioridades de cada território a serem enviadas para votação popular, e, posteriormente, incluídas no orçamento do Estado para execução no ano de 2019.

As escutas representam uma estratégia do Governo do Estado para ouvir a população e suas necessidades mais urgentes, incentivando a participação popular. O momento é promovido pelo Governo do Maranhão, por meio das secretarias de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e Planejamento e Orçamento (Seplan).

“Iniciativa boa do governo, uma oportunidade de ouvir o trabalhador e trabalhadora e suas necessidades e trabalhar propostas que atendam essas demandas. Gostei de participar e dar minha opinião”, Antônio Rosa Filho, representante do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Pindaré.

O secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, considera de grande relevância a realização do Orçamento Participativo, por gerar obras e ações acertadas, que transformam a vida das pessoas. “Nas propostas já aprovadas pelo Orçamento Participativo o governo tem desenvolvido ações como o Hospital Regional, Campus da Uema em São Bento, e, agora, a construção da estrada que liga Viana a Pedro do Rosário. É importante observar que todas essas ações consolidam melhorias na qualidade de vida da população e impactam o desenvolvimento regional”, comentou Francisco Gonçalves.

Para o secretário Adjunto de Promoção do IDH da Sedihpop, Bruno Lacerda, o orçamento participativo é uma das principais estratégias de participação popular do governo Flávio Dino. “Como parte da estratégia de participação popular que inclui, dentre outras questões, a criação da Secretaria de Transparência e Controle, do Portal da Transparência e reativação do sistema de ouvidoria, as escutas territoriais com o orçamento participativo garantem o controle social e a participação da população nas ações e no controle das políticas públicas”, explicou.

A população que participou do evento considera que esse é um meio de empoderar as pessoas para que elas possam decidir o que é melhor para o território e exercer sua cidadania. “Achei muito produtiva a Escuta Territorial, meus alunos vieram e foi interessante eles participarem. É muito bom que a própria população possa decidir quais são as prioridades do território. E, além dos alunos estarem aqui aprendendo como funciona o Orçamento Participativo, eles também estão exercendo o seu papel de cidadão e participando das políticas públicas”, disse Veríssimo Santos, professor do curso Técnico de Administração do IFMA de Viana.

O Orçamento Participativo é uma forma de participação popular, que permite ao governo direcionar o recurso público para as demandas que a população considera mais importante. “Existem diversos tipos de participação popular e o Orçamento Participativo é um tipo de participação que é focada no orçamento, estamos aqui para verificar as necessidades da população e como o orçamento vai ser distribuído da melhor forma possível para atender as demandas”, Roberto Santos Matos, secretário Adjunto de Planejamento e Orçamento.

Na próxima quarta-feira, 18, os municípios de Chapadinha (Território Baixo Parnaíba) e Balsas (Território Cerrado Sul), irão sediar mais duas escutas. A Programação completa você encontra no site: www.sedihpop.ma.gov.br ou nas redes sociais: @dhmaranhao no instragram, facebook e twitter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.