Itapecuru Mirim

Governo leva Mutirão do Glaucoma para mais 15 municípios das regiões de Itapecuru-Mirim e Santa Inês

Com o Mutirão do Glaucoma, o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), alcança a população de mais 15 municípios nas Regionais de Saúde de Itapecuru-Mirim e Santa Inês, com atendimento entre os dias 24 e 27 de maio.

As equipes médicas itinerantes realizarão os atendimentos especializados nas cidades de Belágua, Urbano Santos, Nina Rodrigues, Presidente Vargas, Itapecuru, Vargem Grande, Pio XII, Alto Alegre do Pindaré, São João do Carú, Pirapemas, São Benedito do Rio Preto, Anajatuba, Satubinha, Bela Vista do Maranhão e Governador Newton Bello. As ações acontecem pela manhã a partir das 8h e a tarde a partir das 14h, conforme cronograma de atendimento.

A ação do Governo busca reduzir os casos da doença no estado e promover qualidade de vida à população maranhense com os serviços especializados oferecidos pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). “O mutirão do glaucoma expande a assistência à população levando os atendimentos para mais perto das pessoas. É uma estratégia que busca prevenir, tratar e acompanhar o paciente, garantindo total cuidados com a saúde ocular”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Durante a realização do mutirão, a população tem acesso a consultas e exames específicos, do recebimento de medicação gratuita, quando necessário, e encaminhamento para tratamento. De caráter preventivo e assistencial, a busca ativa também detecta e trata outras patologias da visão, como catarata. Os casos diagnosticados em edições anteriores são acompanhados.

Ao se apresentar para consulta, o paciente precisa levar cópia de documento de identidade, cartão do SUS e comprovante de endereço. Pessoas que têm parentes portadores de glaucoma, indivíduos com mais de 40 anos, pacientes com alto grau de miopia e diabéticos devem estar ainda mais atentos e procurar o mutirão para consulta. Mesmo sendo uma doença crônica e sem cura, o Glaucoma é tratado com o uso de colírios, que controlam a pressão intraocular e impedem o avanço da doença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.