Vereadores criam Frente Parlamentar de Defesa das Escolas Comunitárias

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

O plenário da Câmara Municipal aprovou requerimento de autoria do vereador Francisco Chaguinhas (PP), que comunicou ao presidente do Poder Legislativo, a criação da Frente Parlamentar pela Defesa e Manutenção das Escolas Comunitárias, que inicialmente terá nove vereadores, contando com ele e mais os vereadores Sá Marques (PHS), Concita Pinto (PEN), Marcial Lima (PEN), Genival Alves, Edson Guaguinho, Umbelino Junior (PPS) e Aldir Júnior (PR).

O vereador Chaguinhas diz que, a iniciativa do vereador Cézar Bombeiro (PSD) para a audiência pública sobre Escolas Comunitárias poderia ter não um desdobramento bem amplo, daí a iniciativa de criação da Frente Parlamentar de Defesa e Manutenção das Escolas Comunitárias, que pode ser ampliada com a participação de outros vereadores interessados.

Chaguinhas registrou que, a educação infantil há décadas vem sendo de responsabilidade maior das escolas comunitárias, as quais enfrentam todo tipo de dificuldade e acabam mesmo assim fazendo uma educação de bom nível, que é responsabilidade do poder público. Os nove vereadores da Frente Parlamentar, temos o propósito de encontrar meios eficazes para a manutenção das escolas comunitárias, uma vez que a Prefeitura de São Luís, não tem como assumir uma grande responsabilidade, que não foi atentada por vários gestores  anteriores que passaram pelo executivo municipal.

Por outro lado, Cézar Bombeiro afirmou que a proposta do colega Chaguinhas é muito importante, por dois aspectos: o primeiro é que iremos conhecer a realidade de centenas de escolas comunitárias e como uma frente de ação, em bloco poderemos conseguir melhorias para elas pelo do setor público e parcerias com a iniciativa privada, afinal de contas, educação é direito de todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.