Marcial Lima propõe cadastro de carroceiros

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Em toda a Região Metropolitana de São Luís, diversos terrenos se tornaram pontos de lançamento de lixo e entulho. Na capital, são vários bairros com locais assim, onde o descarte irregular de lixo é um problema para toda a população e não apenas para quem mora perto dos lixões. O acúmulo desse material de maneira inadequada é um risco à saúde pública por diversos fatores, como a proliferação de insetos e ratos, a contaminação do ar e da água e o risco de doenças.
Como uma das formas de reduzir o lançamento irregular de lixo, o vereador Marcial Lima (PEN) propôs a criação de um cadastro dos carroceiros em São Luís, já que as pessoas que trabalham com o transporte em carroças contribuem de forma significativa para o agravamento desse problema. “Os carroceiros fazem frequentemente esse trabalho de retirada de entulho e lixo de muitas casas e obras, e acabam se utilizando dos terrenos baldios para o descarte desse material, então nós propomos que a Prefeitura faça um cadastro de todas as pessoas que fazem essa atividade, juntamente com um trabalho educativo sobre as formas corretas de descartar o lixo, informando sobre os Ecopontos e ajudando esses cidadãos a fazerem seu trabalho de forma legal”, explica Marcial Lima.
A proposta do vereador é fazer com que os carroceiros ajudem a divulgar as práticas corretas de descarte do lixo e do entulho para a população em geral. O órgão responsável pelo cadastro também faria um levantamento de dados sobre a situação social dos carroceiros, reunindo informações como idade, renda, tipo de transporte realizado nas carroças, número de filhos, etc. “Seria um banco de dados amplo, que possibilitasse ao município conhecer melhor esse público, para ajudar os carroceiros a exercerem suas atividades de forma a não agredir o meio ambiente, colaborando assim para a saúde de todos”, afirma o vereador Marcial Lima.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.