Rigo Teles denuncia humilhação do prefeito de Barra do Corda contra equipe do Cordino

O deputado Rigo Teles (PV) foi à tribuna da Assembleia Legislativa para reclamar do descaso do prefeito de Barra do Corda, Eric Costa, com o Cordino, uma equipe de futebol que hoje muito abrilhanta o futebol do Estado do Maranhão, com sua destacada participação na Copa Brasil e na Copa Nordeste.   

Em sua fala, Rigo Teles disse que ficou surpreso quando soube que o técnico, Marlon Cutrim, está pedindo socorro à população e aos integrantes da torcida do Cordino, para que o prefeito pague os salários dos jogadores, técnicos e da direção do time, que na próxima semana completa três meses de atraso. 

Para Rigo, a atitude do prefeito é uma humilhação contra o  Cordino, que sempre teve como maior patrocinador o município e  foi criado no governo do seu pai, Manoel Mariano Sousa, o ‘Nenzim’, que durante seus mandatos sempre investiu no time e nas escolinhas de futebol do município de Barra do Corda.

DINHEIRO SUADO   

Em seu pronunciamento, o deputado Rigo Teles disse que o dinheiro do Cordino não sai do cofre da Prefeitura de Barra do Corda nem do bolso do prefeito, pois foi conseguido após o time conquistar o Vice-Campeonato Maranhense e receber recursos para o Campeonato Nacional, na Série D na Copa Nordeste.

O parlamentar garantiu que a CBF mandou os recursos e a FMF enviou para o município de Barra do Corda.  “O prefeito irresponsável não está repassando o dinheiro. Como é que um atleta vai abrilhantar o Cordino sem dinheiro no bolso? Duvido que esse prefeito Eric Costa deixe de receber seu salário”, disse.     

Por fim, o deputado Rigo Teles apelou para que o prefeito Eric Costa coloque em dia os salários dos jogadores e dos técnicos do Cordino. “Vou pedir uma CPI para descobrir onde está indo o dinheiro suado do Cordino, meu querido time que sempre abrilhantou Barra do Corda, o Estado do Maranhão e o Brasil”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.