Preso homem que amarrou e estuprou menina de 14 anos

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Um homem de 28 anos foi preso, nesta sexta-feira (11), suspeito de amarrar e estuprar uma menina de 14, em Buritizeiro, no Norte de Minas, a 430 quilômetros de Belo Horizonte. O crime ocorreu na manhã da terça-feria (9), quando o rapaz também teria assaltado uma padaria e roubado uma motocicleta.

Policiais conseguiram desevendar a identidade do suspeito graças às imagens do circuito interno da padaria. Assim que ele deixou o estabelecimento, levando mais de R$ 100 do caixa, roubo a moto e viu a garota na rua. Segundo o relato dela, a adolescente foi ameaçada com uma arma a subir no veículo.

O rapaz a levou para um matagal, amarrou-a e praticou o ato sexual. Dois rapazes, que seriam amigos do suspeito, presenciaram o crime sexual. Após o estupro, o trio deixou a menina amarrada e foi embora. Apesar de abalada, ela teve forças para se libertar e caminhar até um bairro, onde pediu ajuda.

 Exames no hospital local comprovaram o crime. O caso virou questão de honra para policiais da região. Os investigadores chegaram até o suspeito na madrugada de hoje. Ele foi encontrado em casa, na companhia de outros dois homens. Os três foram conduzidos à delegacia.

A menina reconheceu o autor do crime, mas não soube informar se os outros dois são os mesmos que presenciaram o ato. Na casa do suspeito, a polícia ainda encontrou duas armas, cinco aparelhos de telefone celular e uma quantia não informada de maconha e outra de crack. A moto também foi recuperada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.