Notas do Udes: Cacuriá da Putaria; Barraca Baba Baby; Vereador Bom de Boi; Devoto de Santa Rita e Cadê Tu Sofia?

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

COLUNA NOTAS DO UDES

CACURIÁ DA PUTARIA

O Cacuriá tão polêmico, que se apresentou no fim de semana, lá no Arraial do Cohatrac, e acabou virando alvo de criticas “moralistas” nas redes sociais é, na opinião deste colunista, resultado de tudo que vem sendo vendido em forma de arte e que de arte nada tem. É hipocrisia ou não? Todos chocados com a dança, que apelidei de “Cacuriá da  Putaria”. No entanto, outras formas de atentados “sacanas”, são praticadas diariamente em emissoras de rádio e televisão. Estou mentindo?

CACURIÁ DA PUTARIA 2

A cantora de forró Márcia Felipe tem ensinando a gurizada a repetir a palavra “caralho”, que hoje é divulgada tranquilamente nos arraiais de São Luís e nas emissoras de rádio, através de sua música, o hit “Vai Descendo”. E o pior, ensina errado na pronúncia e grafia, pois o “caralho” de Márcia Felipe é pronunciado e escrito assim: “Carai”.

CACURIÁ DA PUTARIA 3

Na periferia de São Luís e de outras cidades do Maranhão, o ” Carai” da cantora Márcia Felipe “não sai da boca dos adolescentes”. E Márcia é pupila de quem? Do maior ídolo da atualidade, o também forrozeiro Wesley Safadão. Resumindo: a falta de pudor nas manifestações “artísticas” é a tendência do momento. É isso que vende!!! E quem compra é o povo!!!! Muitos dos falsos moralistas das redes sociais são compradores deste produto. Ora!!! Me compre uma dúzia de bodes!!! Ou me pague uma anchova no O Capote!!!

CACURIÁ DA PUTARIA 4

E nem vou comentar as letras de funk, que toda criança sabe cantar, e tem pai e mãe que achando lindo ouvir os filhotes repetindo. No Carnaval 2017, o hit foi o funk “O Pai te Ama”, que todos sabem como a rapaziada canta na versão original e pornográfica. É o Brasil!

HIPOCRISIA DA SOCIEDADE

Sinceramente, não levaria minha família pra assistir o “Cacuriá da Putaria”, mas acho que a condenação à “arte” deles é, de certa forma, uma incoerência da sociedade.

Não sou contra o som da Márcia Felipe, muito menos do Safadão, ou mesmo, das letras de Funk. Toco e até curto tudo nas baladas, mas sou contra a hipocrisia da sociedade “moralista”, que só funciona nas redes sociais.

CADÊ TU SOFIA?

Se existe uma criatura especial, adorada por boa parte da imprensa, é minha amiga Sofia. Linda, maravilhosa e pontual, ela sempre eleva o astral da galera!!! Mas neste São João, a bela acabou se atrasando em alguns compromissos, mas a galera entende. Sofia, nós te amamos e esperamos por você!!! Não demora muito, pois a saudade tá que é grande!!!

MAIS UM “DEVOTO” DE SANTA RITA

A Coluna tem sempre divulgado as peripécias de um grupo de jornalistas, devotos de Santa Rita de Cássia, que vive numa suposta sofrência, pois a Santa não gostaria de conceder as graças. Mas a Coluna recebeu a informação de que um ex-vereador de São Luís, que deixou o parlamento, após ser reprovado nas eleições passadas, também era devoto fervoroso da Santa. Mas não é mais!

PERDEU A FÉ NA SANTA

O ex-vereador de São Luís gravou um áudio declarando todo o seu descontentamento com a Santa, e já anunciou o fim da devoção. Como todo bom português, Manoel caiu no Rêgo!!!

BABA BABY HOMENAGEADO

E não é que o vereador de São Luís, mais conhecido como Baba Baby, foi homenageado no Arraial do vereador Marquinhos, lá na região do Turu. Um das barracas foi batizada de “Baba Baby”… Este povo gosta do Baba!!!!

barraca baba

VEREADOR BOM DE BOI!!!

O vereador Paulo Vitor, que ficou conhecido como grande defensor do aplicativo UBER, também está fazendo sucesso no São João. Em relação a brincar de boi, nenhum colega de parlamento conseguiu superar o vereador UBER. O homem patrocinou os Bois de Nina e dos Sonhos. E tem mais, o vereador não só patrocinou, ele e a esposa dançaram em uma das brincadeiras, devidamente caracterizados de vaqueiro e índia. Botei fé no Paulinho!!!

O SELFIE DA MEIA NOITE

Ganha um delicioso “Pé de Moleque” quem acertar os nomes dos dois jornalistas “camaronianos”, que foram flagrados, serelepes e saltitantes, tirando selfie, à meia noite, em uma cidade histórica do Maranhão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.