Prefeitura entrega cestas do Programa de Aquisição de Alimentos para famílias do bairro São Raimundo

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

A Prefeitura de São Luís tem fortalecido a agricultura familiar e reforçado a alimentação das famílias em vulnerabilidade social por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Toda semana, cerca de 200 famílias são beneficiadas com o recebimento de cesta de alimentos contendo mais de 30 itens entre frutas, verduras e hortaliças comprados diretamente do produtor rural. Nesta quinta-feira (17), a entrega foi no São Raimundo, beneficiando famílias do bairro e adjacências.

O público-alvo do programa, coordenado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), são famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e que são atendidas pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) da Prefeitura.

Idealizado pelo Governo Federal e executado pela Prefeitura de São Luís, o programa tem por objetivo combater os índices de insegurança alimentar na capital, entre famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. O PAA tem ainda articulações junto ao Governo do Estado e às secretarias Municipais da Criança e Assistência Social (Semcas) que identifica o público a ser beneficiado; e Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) que realiza o cadastro e dá apoio técnico aos agricultores.

REFORÇO ALIMENTAR

As irmãs Adele Steffane Rocha, 28 anos e Adeliane Rose Rocha, de 25, foram uma das pessoas que receberam a cesta de alimentos nesta quarta-feira (17). Adele contou que ela e os três filhos, um de 6 anos, outro 4 e o bebê de três meses vivem hoje apenas com o que ela recebe do Bolsa Família, que é pouco mais de R$ 200,00. Os alimentos, segundo ela, são um complemento para a família. “V ai dar para fazer uma sopa, fazer um cozidão mais reforçado, colocar verduras na galinha. São alimentos saudáveis que fortalecem a gente”, disse, feliz, ao receber a cesta.

Para Adeliane, a entrega da cesta, além de garantir uma alimentação saudável, também é uma economia para família. “Lá em casa nós somos quatro e eu estou grávida e nem sempre a gente tem dinheiro para comprar frutas, verduras e polpa de fruta, mas temos vontade de comer essas coisas. Quando o dinheiro dá, a gente compra, mas poucas vezes dá. Já é a segunda vez que eu recebo a cesta e sempre é motivo de muita alegria”, disse.

Em São Luís, o PAA é executado na modalidade Doação Simultânea, onde a Prefeitura adquire os produtos dos agricultores e os distribui às famílias cadastradas. Os agricultores, por sua vez, recebem os recursos diretamente do governo federal, por meio de cartões bancários pessoais vinculados à conta de cada um dos 178 agricultores cadastrados no programa.

A coordenadora do PAA, Fernanda Buzzar, explica que além da entrega direta para as famílias, as cestas também atendem às redes que são conveniadas ao Cras, como a Casa do Bairro e o Centro Pop. “O programa atinge totalmente os objetivos aos quais ele foi proposto, que é fortalecer a agricultura familiar e ofertar alimento de qualidade aos que mais precisam, que estão em vulnerabilidade alimentar”, destacou a coordenadora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.