Bloco da Imprensa abre temporada oficial pré-carnavalesca em São Luís

Em ritmo da tradicional temporada pré-carnavalesca no Maranhão, o Bloco da Imprensa reúne diversas atrações neste sábado (13), durante a abertura oficial do circuito da Folia Momesca, promovida pelo Governo do Maranhão. A concentração do bloco é na Praça dos Catraieiros, na Praia Grande, no Centro, a partir das 17h.

Para o primeiro dia de festa da Imprensa, estão confirmadas as presenças do Grupo de Tambor de Crioula de Leonardo, Pagode Sindicato do Samba, Bloco Tradicional Os Reis da Liberdade (campeão do grupo A, do carnaval de 2017), Banda CarnaBoi (com Juarez Sousa e Nonato Silva), Bateria Explosão da Turma do Quinto (com Gabriel Melônio, Franklin Hudson e Alessandra Loba) show de Mano Borges (Manobloco) e Banda da Confraria do Copo.

“O Bloco da Imprensa é uma brincadeira carnavalesca sem fins lucrativos que já se tornou tradição em nosso carnaval e, diante disso, o apoio do poder público se fez necessário. Graças à sensibilidade dos gestores, nos atenderam garantindo segurança, estrutura e apoio para agremiações poderem evoluir para centenas de foliões que sempre nos prestigiam”, conta um dos organizadores do bloco, Célio Sérgio.

Com o tema “Questão de Gênero, Número e Grau”, o cordão carnavalesco da comunicação chega à 20ª edição. O tema neste ano vem fazendo os seguintes questionamentos: Masculino ou feminino? Singular ou plural? Um único ser ou uma ideia coletiva? Maior ou menor? A grandeza do corpo ou de espírito? O que importa? A quem importa? O que importa é ser Gente! Gente: em gênero, número e grau.

Dentro da programação do Bloco da Imprensa, quem também vem com todo vapor é o Bloco Confraria do Copo, fazendo o tradicional baile de rua.

O presidente do Confraria do Copo, João Azevedo, conta que o grupo, que tem nos vocais Carlão e Dinho, vai rememorar músicas de antigos carnavais do Maranhão, além de integrar novas composições.

“Para animar os brincantes, será um repertório diversificado com os melhores enredos das escolas de samba de São Luís, além de uma sequência de músicas voltadas para marchinhas e músicas carnavalescas com composições próprias e de outros blocos, como o Bicho Terra, Vagabundos do Jegue e Jegue Folia”, relata.

Idealizado e criado em 1996 por influência de um grupo de amigos da tradicional Rua Caminho da Boiada, o Bloco Confraria do Copo foi inspirado na vontade que todos tinham de fazer algo diferente durante o carnaval para fugir da rotina do simples bate-papo, num período em que a maioria tomava outro rumo, atraída pelo cheiro de folia que acontecia na área Madre Deus/São Pantaleão. Em todos estes anos, a Confraria tem cinco discos lançados.

Homenagem 

Durante o Bloco da Imprensa, será realizada uma homenagem póstuma ao repórter fotográfico Francisco Campos, que faleceu no final de 2017, um dos entusiastas do cordão da Imprensa.

Baile da imprensa 

E como aconteceu em 2017, mais uma vez haverá o tradicional Baile da Imprensa, que vai rolar no dia 02 de fevereiro, sexta-feira magra de carnaval, na Casa do Maranhão, com entrada para os profissionais da imprensa e convidados, que só terão acesso com pulseiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.