Desculpas aceitas

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

A Menininha triste, sentadinha em um canto, esperava a mãe chegar.

Parecia que nada tinha graça, nenhuma brincadeira era atrativa o suficiente.

Foi quando a professora a viu e se lembrou da conversa que tiveram:

“Mas tia, a Garota que estava conversando. Eu estava quieta. Ela ainda veio e espalhou todos os meus lápis.”

A “tia” com a paciência vinda direto do céu:

– Menininha, agora não é mais hora de pintar. Olhe lá na parede a nossa rotina. Depois da pintura, estudamos Matemática. E todos quietos e concentrados.

A pequenininha não se conformava:

“Tia, você brigou comigo, eu não estava conversando.”

Foi quando a tia parou tudo que estava fazendo, se abaixou e olhando a Menininha nos olhos:

– Minha querida, a tia pensou que você estivesse conversando com a Garota quando não podia. Já que você não estava, me desculpe. – beijou e abraçou a Menininha e continuou as atividades do dia.

A professora pensou que tudo estivesse resolvido, mas, agora, vendo a Menininha sentada e de cabeça baixa, tão quieta, percebeu que, talvez, nem tudo estivesse certo.

Foi conferir:

– Minha princesa, por que você está assim tão quietinha? Está triste?

Ela olhou com aquela carinha mais tristinha do mundo:

“Estou sim.”

– O que aconteceu?

“Você me pediu desculpas aquela hora porque brigou comigo sem eu estar conversando e foi embora antes de ouvir se eu tinha te desculpado ou não.”

A professora ficou olhando meio que sem entender:

– E você não me desculpou?

“Desculpei, titia, eu só não tive chance de te contar.”

A Menininha foi envolvida por um abraço enquanto ouvia:

– Então, conta pra mim, gatinha, conta que você desculpou sua tia.

Foi quando a tia viu o mais lindo de todos os sorrisos:

“Tia, eu te desculpo por você ter brigado comigo sem eu merecer, viu? Desculpo porque eu sei que até as pessoas boas como você, de vez em quando, erram.”

Falou isso, abraçou a professora e saiu pulando com a primeira amiguinha que passou.

Vivi Antunes é ajuntadora de letrinhas e assim o faz às segundas, quartas e sextas no www.viviantunes.com.br

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Para comentar através do Facebook é preciso estar logado. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.